270. Cloud bread – Pão nuvem [low carb]

Se tem uma receita que todo blog low carb da vida já testou é o pão nuvem. Este aqui não é um blog low carb, mas eu já contei para vocês que eu ando na vibe da Anitta e estou procurando opções mais saudáveis (para poder comer uma vida durante as minhas próximas férias). Como este blog “está” low carb ultimamente, eu não podia deixar de testar, né?

Antes de mais nada, não custa lembrar que para ter gosto de pão e textura de pão, tem que ser pão. Isso inclui o maravilhoso trabalho do glúten que você só encontra na farinha de trigo. Então nada de reclamar que não virou pão francês, ta?

Meu sandubinha lindo de queijo com peito de peru

Continuando.

Tem inúmeras variações dessa receita na internet. Parece que a original leva um tal de cremor tártaro, que eu não encontrei por nada nesse mundo. Tem gente que substitui por limão, por vinagre, por bicarbonato de sódio e por fermento em pó. Alem disso, tem a versão com e sem parmesão ralado (preciso dizer qual eu escolhi?). Tem gente que diz que não pode substituir o cream cheese por requeijão, mas era só isso que eu tinha em casa.

Quer dizer: basicamente, de uma receita de três ingredientes, eu mudei dois.

A boa notícia é que dá certo sim. Dá tudo certo e o pãozinho é maravilhoso. A má notícia é que você vai querer comer a receita inteira e aquela sua ideia de guardar o resto na geladeira não vai rolar. A outra boa notícia é que se você comer a receita inteira, ainda assim vai estar comendo só três ovos e uma colher de cream cheese, ou seja: tranquilão, né? Nem saiu da dieta.

Uma coisa que vocês precisam saber é que essa receita rende bastante. Eu me preparei para usar uma forma com um silpat (já falei sobre ele no último post), mas acabei precisando de duas formas e meia! Você não pode colocar os pães muito próximos, porque eles vão crescer e grudar. E também não aconselho deixar aquela massa crua dando mole até a primeira fornada ficar pronta, porque estamos falando de claras em neve, que vão se desmanchar, certo? No meu caso, isso foi uma coisa boa, já que eu acabei testando para vocês de três formas: no silpat, na forma antiaderente untada e no papel manteiga untado.

Resultado: silpat e forma antiaderente deram muito certo.
Papel manteiga, como sempre, grudou.

Vamos à receita?

Ingredientes:

  • 3 ovos (claras e gemas separadas)
  • 1/2 xícara de queijo parmesão ralado
  • 1 colher de sopa (generosa) de cream cheese ou requeijão
  • 1 pitada de sal
  • 1/2 colher de chá de fermento químico em pó
Essa é a massa antes de ir para as formas. Olha que fofinha!

Como fazer:

Prepare antes as suas formas, do jeito que for usar (silpat, antiaderente ou… papel manteiga, bleh) e pré-aqueça o forno a 200ºC.

Separe em duas vasilhas as gemas e as claras.

Às gemas, adicione o queijo ralado, o cream cheese (ou requeijão) e uma pitada de sal e mexa.

Às claras, adicione 1/2 colher de chá fermento em pó. Bata as claras em neve.

Misture, aos poucos e delicadamente, as gemas às claras.

Depois é só fazer bolinhas de “massa” na forma e levar ao forno a 180ºC por 25 minutos ou até eles ficarem douradinhos.

Como coloquei duas formas de uma vez, alternei metade do tempo em uma posição (forma 1 em cima; forma 2 embaixo) e metade do tempo na outra posição, para evitar que queimasse do fundo de uma das formas.

Oh nho nho <3

Deixa eu falar mais um pouco.

Quem acompanha esse blog deve ter reparado que eu estou faladeira para caramba este ano, um post maior que outro.

Mais algumas considerações sobre esse lindo, cloud bread, que eu mal conheço e já considero pacas:

Você pode adicionar temperinhos à massa: alho granulado, pimenta, semente de linhaça, o que você quiser, desde que não deixe a massa pesada demais.

Aquela história de que não ia crescer se usasse requeijão, que eu li por aí, não é completamente mentira. Vejam nas fotos que meus cloud breads ficaram bem fininhos. Mas não considero que deu errado, deu super certo, ficou uma delícia e, desta vez, até o marido curtiu!


Direto para o Pinterest!

Written by

Leave a Reply