253. Blondies

Nigella Lawson, diva da comida gorda na TV, esteve no Rio de Janeiro em 2013. Foi quando eu descrevi para vocês a minha odisseia como primeira de uma fila quilométrica para conseguir o autógrafo da chef no meu livrão: Na cozinha com Nigella. Desde então, eu só havia testado, de verdade, cinco receitas dessa bíblia. Algumas com sucesso, outras nem tanto. Sempre com umas ressalvas, que eu atribuo ao tradutor. A minha sexta receita não é diferente. Apesar de ter dado super certo, faço uma correção à tradução, que vocês já vão saber. Antes disso, vamos aos blondies!

Os blondies são tradicionalmente norte americanos. São doces superduper doces e o nome, claro, vem dos brownies! Em vez de brown, eles são blond (loiros!). Mas não se engane, a base não é chocolate branco, como pode parecer, e sim o açúcar mascavo claro. Aqui no Brasil a gente não encontra muito, né? Fica entre o refinado e o nosso mascavo. Aos blondies você pode adicionar “nuts” diversas, coco ou, nesse caso, aveia.

O que dá “a liga” nessa massa toda é o leite condensado. Mas perai. Leite condensado? Com mais cem gramas de açúcar? Pode confirmar a diabete, né? Foi aí que eu me lembrei de uma reportagem da BBC sobre brigadeiros (naquela vibe Copa do Mundo que ainda estava rolando). Uma pessoa comentou, em inglês, logo embaixo da receita: “Ok, mas onde entra o açúcar? Porque a não ser que esse leite condensado brasileiro seja adoçado, faltou açúcar!“. Beibe, se tem uma palavra que define o nosso leite condensado é doce! Aí eu percebi que não era o caso do condensed milk britânico (e não, não conta se você comprar Leite Moça importado em Londres). Foi aí que eu segui meus instintos de cortar o açúcar. Ou quase. Usei uma colher de sopa para misturar na manteiga.

Quer dizer: para os leitores britânicos a receita está certíssima. Mais uma vez, pecou na tradução e adaptação.

Para completar, eu só encontrei chocolate ao leite na padaria aqui de perto. Não ficou nada absurdo, mas sugiro comprar um bom chocolate amargo para cortar esse leite condensado todo!

Foca nos brownies loiros e corre pra cozinha!

Mas e aí, Carol, depois de reclamar isso tudo, ficou ruim?

Nada! Ficou uma delícia! Fiz a british e preparei logo um chá para acompanhar o bolinho! No dia seguinte, claro, compensei na academia, porque, vamos combinar, é uma bomba isso aí, hein!

 

Ingredientes:

200g de aveia
100g de farinha de trigo
1/2 colher de chá de bicarbonato de sódio
150g de manteiga sem sal (usei com sal, não me arrependo)
100g de açúcar mascavo claro (nem pensar! usei uma colher de sopa de açúcar mascavo normal, só para bater a manteiga)
1 lata de leite condensado
1 ovo
170g de chocolate meio amargo (usei ao leite)

 

#Comofaz?

  • Pré-aqueça o forno. Cubra uma forma pequena (20×30) com papel laminado. Eu sou sempre reticente com cobrir a forma desde que fiz uma meleca com um brownie, mas nessa receita vale muito a pena!
  • A primeira coisa a fazer é misturar os ingredientes secos em uma tigela: aveia + farinha de trigo + bicarbonato.
  • Na bacia da batedeira, misture manteiga e açúcar. Bata até ficar aerado e adicione o leite condensado. Bata mais.
  • Adicione os ingredientes secos e misture.
  • Agora o ovo!
  • Por último o chocolate picadinho (ou chocolate chips, se você tiver essa sorte).
  • Despeje a massa na forma coberta e alinhe tudo.
  • A forma vai para o forno por 35 minutos em fogo baixo ou até começar a ficar dourado por cima. Não se importe tanto com o meio, ele seca depois de frio, então tire enquanto o meio ainda parecer um pouco molinho.
  • Corte em quadradinhos e seja feliz!
Yummy!

Provou? Então prova e comenta aqui o que achou! 😉

Written by

Leave a Reply