188. Tiramisù clássico

Tiramisù significa algo como “me joga para cima”, provavelmente pelas características energéticas do café e das características nhammynhammyéticas dessa sobremesa maravilhosa. Antes da cheesecake chegar na minha vida, só o tiramisù me fazia feliz. Quando fiz intercâmbio, no ensino médio, a nonna fazia um tiramisù ai lamponi (tiramisù com framboesas) ma-ra-vi-lho-so, mas eu voltei sem pedir a receita (porque eu ainda não cozinhava, né?). Já o nonno produzia grappas fortíssimas que ele chamava de tiramigiù, ou seja, “me joga pra baixo”, porque as grappas do nonno derrubavam qualquer um.

188. Tiramisù

O único motivo para eu não ter feito essa receita até hoje era o mascarpone, que parece um cream cheese, só que mais durinho e com gosto mais suave. Além de meio difícil de encontrar (até agora), ele costumava custar os dois olhos da cara, então eu tinha medo de comprar, errar a receita e jogar tudo fora. Agora, no mercado mesmo você encontra com um preço normal, um pouquinho mais que um cream cheese, só. Então, compramos um potinho de 350g e resolvemos tentar!

A receita tinha que ser bem tradicional, por isso eu resolvi buscar na biblioteca, e não na internet. Achei uma receita de “tiramisù clássico” na Larousse da Cozinha Italiana, se é clássico, tá bom, certo?

Por sorte, nós tínhamos Amaretto em casa (e não estava estragado, apesar de sua loooonga vida naquele armário). Por bobeira, acabei colocando um pouquiiinho a mais do que devia (isso vindo da menina que não pode beber por algum tempo – comer álcool pode?).

Enfim, a receita é SUPER fácil e super gostosa. Se você usar os ingredientes certos (sem trocar o mascarpone, ,sem se esquecer do café etc), vai ser realmente um tiramisù classico, do jeito que os restaurantes deveriam fazer!

188. Tiramisù

Ingredientes:

  • 200g de biscoito champanhe (usei um pacote e meio, mas a quantidade vai depender do tamanho da forma que você vai usar, pode variar)
  • 350g de mascarpone
  • 2 xícaras de chá de café bem forte
  • 4 colheres de sopa de açúcar
  • 3 ovos grandes
  • uma pitada de sal
  • 50ml de Amaretto (foi o que eu coloquei, mas acho que pode diminuir um pouco)
  • chocolate em pó (sabe o do padre?)

Para fazer:

Primeiro, faça um café bem forte e espere esfriar. Aproveita e tira o mascarpone da geladeira, senão fica muito duro.
188. Tiramisù
Separe os ovos e bata somente as gemas com 3 colheres de açúcar até ficar esbranquiçada e aerada. Adicione o mascarpone e o Amaretto e misture com uma colher até ficar homogêneo. Em outra tigela, bata as claras em neve com uma pitada de sal e uma colher de açúcar. Misture as claras (devagarinho!) com a tigela do mascarpone, até ficar (relativamente) homogêneo (de novo).

Com o café frio, molhe cada um dos biscoitos e forre a travessa onde for fazer o tiramisù. A ordem é: biscoito – mascarpone – biscoito – mascarpone – chocolate em pó, entendeu? Cobre e coloca na geladeira!

Duvido que você espere até o dia seguinte, mas, se você for uma pessoa disciplinada, vai ver que no dia seguinte fica ainda melhor!

Written by

1 comment / Add your comment below

Leave a Reply