128. Palmiers

Confesso que eu fiquei chocada quando descobri como eram feitos os biscoitos Palmiers (ou “orelhinhas”, como se chamam lá em casa). Achei que fosse algo mega complicado, trabalhoso e que só podia ser feito por vovós ou meninas super hiper prendadas, o que não é o meu caso. Por isso eu fiquei um pouco cética quando li o post da Gastronomia e Fotografia. Marquei logo na minha lista de “para fazer” e fiz no final de semana seguinte.

Eureka! Funciona! Além de ser bem difícil de dar errado (proeza que eu consegui na segunda tentativa, mas só porque eu me esqueci completamente que estava fazendo e deixei queimar, além de não ter usado a forma antiaderente por preguiça de lavar: usem a forma antiaderente!).

Ingredientes:

Forma antiaderente (this is not a drill)
Uma massa folhada daquelas de pacotinho mesmo (porque vamos combinar que deve ser infernal fazer a própria massa)
Açúcar
Canela (o blog de onde eu peguei a receita não usava canela, e alguns biscoitinhos você encontra sem canela também, mas eu prefiro mil vezes o de canela!)

Para fazer:

128. Palmier

Abra a massa em uma tábua e passe açúcar e canela dos dois lados. O blog dizia para usar uma garrafa ou rolo de massa para fazer os grãos grudarem na massa. Não achei muito necessário e grudei tudo pressionando com as mãos. É só dar um retoque de vez em quando.

Com a massa na horizontal, dobre no meio (da esquerda para o meio e da direita para o meio). Faça isso mais duas vezes e depois junte as duas partes. Ela vai ficar um rolinho no formato igual ao da foto.

128. Palmier

Corte o rolinho em fatias pouco menor que um dedo e coloque-as na(s) forma(s) antiaderente com espaço, lembrando que elas vão crescer. Quando estiver dourado embaixo, vire. São só alguns minutinhos, e ficam melhores que os de loja! (Clique nas fotos para ver maior, se precisar) Boa orelhinha!

Written by

4 comments / Add your comment below

  1. ADOOOOROOO as orelhinhas! Prefiro as com canela! Vou fazer assim que tiver fôrmas e aprender como se acende esse maldito forno com um fósforo!

Leave a Reply