125. Bacalhau ao Zé do Pipo

125. Bacalhau ao Zé do Pipo

125. Bacalhau ao Zé do Pipo

Eu a-m-o bacalhau. Acho que ele, junto com o salmão, não faz parte do mesmo mundo dos outros reles peixes do mar, talvez a truta entre nesse grupo restrito também, mas eles são o crème de la crème do fundo do mar! O Bacalhau ao Zé do Pipo é o mais comum lá em casa, feito pela mamãe desde que eu era pequenininha, por isso entra na categoria “Da Família” aqui do blog!

125. Bacalhau ao Zé do Pipo

Você vai precisar de uma posta de bacalhau tipo Cod. E ele precisa ficar de molho na água dentro da geladeira por 72h! Depois desse tempão, escorra o bacalhau e coloque-o em uma panela com água para cozinhar em fogo baixo até borbulhar. Tire da panela, se prepare psicologicamente para machucar seus dedinhos e tire pele e espinhas do “peixe”. Olhos de lince, pessoas, nada pior do que bacalhau com espinha!

125. Bacalhau ao Zé do Pipo

Coloque o bacalhau em pedaços (nacos, na verdade!) no fundo de um pirex. Por cima dele, umas rodelas de uma cebola frita no azeite. Enquanto isso, ponha umas batatinhas no fogo para fazer um purê de batatas!

Agora o molho: misture uma caixa de creme de leite com uma colher de sopa de maionese e coloque com o bacalhau e as cebolas.

Por cima disso tudo vai o purê de batatas, queijo ralado e azeite!

E forno!

Pronto! agora é só esperar ficar douradinho e fingir que você está em Lisboa! Sirva com vinho!

125. Bacalhau ao Zé do Pipo

Written by

1 comment / Add your comment below

  1. AMO bacalhau também. Lá em casa meus pais colocam de molho no leite, não sei se isso faz muita diferença. E as vezes meus pais fazem batatinha corada ao invés do purê.

    Huuuuuunmmmmmmmmm!!!

Leave a Reply